quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Faz-me um... filho!

A velha questão "levas ou deixas ir" volta a fazer ranger as dobradiças dos armários.

Não entendo esta Lei estúpida que permite a legalização das uniões homossexuais, atirando para as calendas a adopção, mas ainda menos compreendo que, quem o desejasse já, não tenha ido casar-se à Holanda ou a Espanha.
Quanto tempo será necessário para que faça parte do quotidiano ver os casados de fresco namorarem em público sem que a velha moral vigente destile imediatamente para cima deles a hipocrisia?!


3 comentários:

If you Brosh it disse...

Uma coisa vos digo...eles vão e não voltam.
Aquela merda do lado de lá deve ser um paraíso de 49 virgens :)

Imperator disse...

ainda falta ver o que vai acontecer agora que a coisa está no PR.

e claro está que o moralistas vão continuar a pregar que isto não pode ser assim e tal e coisa (tal como ainda fazem com o aborto, provavelmente patrocinados por uma qualquer clínica espanhola que está a perder a clientela...)

Rafaella Velasko disse...

Rindo MuiiiiiiTTTTO.
Bejokas